quinta-feira, 22 de abril de 2010

outro selinho e outro desafio...


Ganhei um selinho da Taia, e com ele uma tarefa meio complicada... mas acho que com tudo podemos aprender algo, então vou tentar responder e também entender...

A primeira é dizer dois defeitos meus:
Bem isso é complicado pois poderia deixar aqui uma lista interminável de defeitos, mas dizer apenas dois... acho então que devo eleger dois defeitos que incomodem os outros, os que estão perto de mim, então, pode ser a minha impaciência com algumas coisas (quando quero, quero) e não saber dizer não. (esse segundo defeito me faz muito mal).

Em segundo lugar, dizer duas qualidades minhas... Primeiro, não saber dizer não (hehehehe) essa não vale... mas acho que .... (pensei muito.... isso é complicado). Vou pedir ajuda aos universitários... ou melhor ao marido.... e ele disse: persistente (rsrsrsrs eu entendi insistente, que não deixa de ser uma percistência, mas não é qualidade.... ) e criativa, (ainda bem... )

Terceiro, indicar uma música que seja ou esteja na sua trilha sonora dos últimos tempos.... bem taí outra tarefa complicada... escuto muita música... mas tem uma que gosto muito ... é esta.
Para Lá, da Adriana Calcanhotto... quero escrevê-la na parede da sala.... entre tantas, uma tão simples... mas fala de coisas que julgo belas. A montanha, a vida, os sonhos, o tempo. Tudo que está longe ou perto e sobre as quais somos apena observadores, enquanto vivemos, elas estão lá e sempre estarão lá....

Quarto: Dizer uma frase que usa como mantra: Deus é humor e vice versa.

Quinto: Dedicar a seis amigos, que te animam e te dão força.

Então, dedico este selinho, a ...
Márcia Mosca do La Santa Fé,
Cris Guerra do Hoje Vou Assim
Laély do Sala Da La

A Letra da música...

Para Lá - Adriana Calcanhotto

Se toda escada esconde
Uma rampa
Ampara o horizonte
Uma ponte
Para o oriente
Um olhar
Distante

Em volta de um assunto
Uma lente
Depois de cada luz
Um poente
Para cada ponto
Um olhar
Rente

E a montanha insiste em ficar lá
Parada
A montanha insiste em ficar lá
Para lá
Parada
Parada

Diante do infinito
Um mosquito
Em torno de um contorno
Gigante
Cada eco leva
Uma voz
Adiante

Decanta em cada canto
Um instante
De dentro do segundo
Seguinte
Que só por um momento
Será
Antes

E a montanha insiste em ficar lá
Parada
A montanha insiste em ficar lá
Para lá
Parada
Parada

5 comentários:

  1. Oi Josi, obrigada pelo selinho, vou levar comigo, tá bem? Posto amanhã ou depois... Um beijo pelo carinho!

    Acho que nossos defeitos e qualidades são como temperos, do jeito que você falou. A mesma coisa que é boa é ruim, depende da intensidade!

    Beijos,
    Tati.

    ResponderExcluir
  2. Oi Tati! É mesmo, vc falou certo, somos temperadas!
    Um beijinho
    Josi

    ResponderExcluir
  3. Ficou ótimo Josi, viu nem doeu...hehehehe. Beijocas e bom final de semana para o quarteto!

    ResponderExcluir
  4. Bom fim de semana Taia... aqui chove sem dó! Hehehehe naõ doeu, mas levei dois dias com a postagem em rascunho procurando meus defeitos e minhas qualidades...
    beijoca proceis aí!

    ResponderExcluir
  5. This will astonish you!
    Please see before you judge!

    ZEITGEIST: ADDENDUM

    http://www.zeitgeistmovie.com/

    Money as debt

    http://www.youtube.com/watch?v=vVkFb26u9g8

    project camelot magnetic motor

    http://www.youtube.com/watch?v=hkgyY47duCM

    Importante please pass forward

    ResponderExcluir