quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Um versinho...

Foto: A roseira do nosso jardim


"Sobre uma rosa aberta
um besouro vem e vai
o vento chega
o besouro foge
folha a folha
a rosa se desfolha
e cai..."



Há muito tempo ouvi esse verso e nunca mais esqueci... Ontem a noite, fique tentando lembrar, mas estava tão bem guardado em algum cantinho e não consegui encontrar...
Hoje cedo na hora do café, ele me apareceu, nítido, com todas as letras e a intonação certa que cheguei a me assustar quando me vi recitando em pensamento. Parece até que nunca o havia perdido!
Feliz reencontro. É incrível como a cabeça da gente funciona...

14 comentários:

  1. E eu lendo, imaginei um tênis com besourinhos. :))))

    Aliás, os tênis eu amei! :)

    beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Hehehehe
    uma ótima idéia!... besourinhos, joaninhas, borboletas! iam ficar lindinhos...
    viu na fotinho ao lado??

    ResponderExcluir
  3. "Eu não sei o que que há
    não encontro o porquê
    mas enfim porque será
    que eu gosto de você?

    tens um ar tão gracioso
    um sorriso encantador
    um olhar belo e formoso
    enfim tu és um amor!"

    beijo, beijo, beijo...

    ResponderExcluir
  4. lindo* que buena memória la tuya

    ResponderExcluir
  5. Obrigada Lu!
    E vc nem imagina há quanto tempo eu não recitava esse versinho... mas quer saber, minha memória mais recente anda meio lenta... não sei onde guardei um vestido do verão passado... não lembro nem se emprestei... o pior é que tá um calorão por aqui e eu queria tanto usá-lo!

    beijinho, e volte sempre.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Oi Josi

    Pois veja, esses dois que aparecem aí no cantinho do blog, eu coloquei hoje no correio, foram para São Paulo para as sobrinhas da "Senhora". Foram as minhas primeira encomendas e fiquei muito feliz em fazê-los!
    Pode divulgar sim!

    beijinhos Josi

    AH! uma outra amiga, a Silmara Franco do http://fiodameada.wordpress.com/
    fez uma brincadeira com o nome... de All Josi ou ALL-STAngeR muito criativa ela, hehehehe... adorei a idéia e quem sabe os próximos pedidos não serão para Londrina??

    ResponderExcluir
  8. Incrível mesmo o funcionamento das nossas cabeças...

    Um fato atual tem o poder de resgatar lembranças há tempos adormecidas em nossa memória sem mesmo agente perceber.
    Hoje a beleza do seu jardim com a beleza do verso ouvido há algum tempo, unidos em seu blog que eu adoro visitar...
    Adorei!!

    Pegando carona no comentário da "A Senhora"... mais a dica da Silmara Franco em relação ao nome...rsrsr

    Imagine o lançamento de uma coleção de tênis, pintados por Josi Stanger...
    Sejam com flores, besourinhos, joaninhas, borboletas, passarinhos enfim...
    Motivos diversos a gosto do cliente...
    Com certeza seria um sucesso... ou melhor... pelo que vi já é um sucesso!!!
    Mande fotos que divulgo em Londrina sim.
    Adorei!!! Bjs

    PS. Não sei como, mas consegui excluir o meu próprio comentário anterior, sendo assim estou mandando novamente... rsrsrsr

    ResponderExcluir
  9. KKKKKKK
    li o seu comentário, no meu e-mail e corri responder... quando acabei de postar a resposta notei que o seu comentário estava excluído! hehehehe
    coisas da vida, eu também já consegui essa façanha de excluir sem querer e depois nem me lembrava mais oque tinha escrito... enfim... está tudo anotado aqui...a dica e o pedido das fotos... vou mandar no teu e-mail...

    Beijinhos de Josi pra Josi

    ResponderExcluir
  10. Tem um desafio para você lá no Vida.

    beijão

    ResponderExcluir
  11. Josi, vi que você gosta da Silmara, que é um doce de pessoa e eu vou lá sempre, para me deliciar com os textos dela. Torço para que ela lance um livro, algum dia.
    Quanto ao livro que falou, Tantas Palavras, eu também tenho, mas são tantas palavras e eu, com tão pouco tempo, ainda não tive tempo de ler. Está guardado para a posteridade.
    Ainda não li esses outros que falou, apesar de conhecê-los.
    Acho que você deveria abrir o post, numa hora que o marido estivesse por perto de bobeira, e aí, chamá-lo para dar uma olhadinha na tapioca, e aí, mostra o livro, com a maior cara de supresa: "Olha, que novidade legal!"...rsrsrs
    Tomara que dê certo, se não, abra o jogo, porque homem não percebe indiretas, a menos, que sejam as sexuais...rsrsrs

    ResponderExcluir
  12. Laély
    Essa da indireta é ótima! Vou tentar jogar um charme com cara de surpresa da atapioca, tudo junto... derepente ganho um passeio ao shopping com direito a comer tapioca e depois uma passadinha na livraria...
    A Silmara é mesmo um doce de pessoa e escreve muito bem. Acho que o livro vai sair sim, se depender de torcida então! estamos na fila do gargarejo na arquibancada com apito cataz e bandeirainhas!

    um beijinho

    ResponderExcluir
  13. esse poema foi recitado por ney latorraca na semana de arte moderna nos anos 80 veja meu blog psicoterarte eu tamben sou artista . um abraço. tone

    ResponderExcluir