segunda-feira, 6 de abril de 2009

uma energia


há uns dias ando como se estivesse sem energia. Parece que descarreguei as baterias, e não encontro meios de recarregá-las, é como um celular com a bateria fraca, que a cada pouco dá um sinal. Neste caso, não fico piscando um sinal de alerta ou com um sinal sonoro igual no celular, é claro. Mas sinto o sinal dentro da minha cabeça... estranho? um pouco mas é bem simples. Alguns objetivos que não alcancei, outras responsabilidades que assumi e que me consomem um pouco de energia também, até mesmo uma culpa esquisita por tirar um tempinho pra mim... estou fazendo exercícios trez vezes por semana e queria que o Edno também pudesse se dedicar a uma atividade física, que ele tivesse um tempinho pra ele também. Nem meu pescoço que segurar minha cabeça, nem os olhos seguram as lágrimas, nem minhas mãos digitam as letras necessárias... e tudo é automático, a energia que não disponho é usada pra ir pra lá e pra cá, sem parar, subir e decer escadas, cozinhar, dirigir, falar, trabalhar... sorrir até. Melancólica?... não. Com cólica, sim. Depressiva? não, mas apressada sim. Acho que preciso de férias e de estrada.

Um comentário:

  1. Tenho uma boa sugestão de viajem...
    Que tal feriadão em TB City?
    Te amo.

    ResponderExcluir